♥Amigos do Blog♥

♥Visitantes♥

♥

terça-feira, 25 de maio de 2010

ABC do Futebol



É tanta comoção que é impossível não se contagiar com o clima. Tiramos nossa camisa verde e amarela do armário, gritamos, vibramos, xingamos o juiz e torcemos ferrenhamente para o Brasil em todos os jogos. Você pode até não ser muito fã de futebol e não curtir aqueles campeonatos intermináveis ao longo do ano, mas temos a certeza de que na Copa o sentimento é diferente.


Nessa época, marcar de assistir aos jogos com um grupo de amigos passa a ser o melhor programa do dia. E é nesses eventos que a gente percebe que faz falta aquele conhecimento prévio (e básico) sobre futebol. Foi pensando nisso que criamos um gráfico e um dicionário futebolístico especialmente para mulheres que até gostam, mas não sabem tuuuudo sobre o esporte. Para você não pagar mico e até tirar uma onda com o seus amigos, essa é um boa oportunidade para aprender um pouquinho mais e virar uma torcedora de carteirinha!


Contra-ataque: Quando o time "A" está com a posse de bola atacando no campo adversário e acaba perdendo a bola, o time "B" parte para o contra-ataque, tentando surpreender o time "A", que estará mais vulnerável com menos jogadores no seu campo de defesa.



Tiro de meta:
Quando o jogador do time "A" chuta a bola pela linha de fundo (linha que delimita o final do campo atrás dos gols), o jogador do time "B" , normalmente o goleiro, faz a cobrança e chuta a bola de volta ao campo.


Reposição de bola: Quando o goleiro agarra a bola e a põe em jogo novamente.


Obstrução: Quando um jogador impede o outro de passar a sua frente deslocando seu corpo a frente do mesmo e provocando uma falta.


Escanteio: Quando o jogador do time que está se defendendo é o último a tocar na bola antes da mesma sair pela linha de fundo. Nesse caso é cobrado o escanteio - que fica na quina do campo - pelo time que está atacando.


Jogo perigoso: Ocorre quando um jogador coloca em risco a integridade física do outro. O juiz marca uma falta que é cobrada em dois lances, ou seja, não pode ser cobrada diretamente para o gol.


Simulação: Quando algum jogador finge ter sofrido alguma falta ou agressão.


Acréscimos: Ao final do tempo regulamentar (45 minutos), o juiz pode fazer um acréscimo de tempo devido as paralisações ao longo do jogo (como faltas demoradas, lesões, substituições...).


Impedimento: Acontece quando um jogador recebe a bola depois do meio de campo e, no momento do passe, não tem ao menos dois jogadores de defesa (contando com o goleiro) a frente do jogador de ataque (ver infográfico detalhado).


Mata-mata:
São partidas decisivas que acontecem a partir das oitavas de final da Copa, onde quem perder é eliminado do campeonato.


Prorrogação:
Na Copa do Mundo isso acontece a partir das oitavas de final. Quando o tempo normal da partida termina empatado, ocorre a prorrogação - serão jogados mais dois tempos de 15 minutos, cada, sem intervalo. Se o empate persistir, a disputa é decidida na cobrança de pênaltis.



Disputa de pênaltis
: São cinco cobranças para cada time e, se ainda assim o jogo continuar empatado, parte-se para as cobranças alternadas: um pênalti pra cada um.


Fairplay: É o jogo limpo. Quando o jogador pensa no outro antes de pensar no jogo, em si.

Cartão amarelo: É dado por advertência por falta grave.


Cartão vermelho:
Punição mais severa com expulsão na hora. É apresentado a um jogador que tenha acabado de cometer uma falta grave ou quando ele recebe o segundo cartão amarelo.


Substituição: O time tem direito a até três substituições ao longo da partida. A decisão de que jogador sai ou entra, fica a critério do técnico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...