♥Amigos do Blog♥

♥Visitantes♥

♥

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Gramática-Sinais Ortográficos



Além das letras há outros sinais ou acentos gráficos, que indicam, em geral, a pronúncia exacta das palavras.

O ~ (til) serve para indicar as vogais e os ditongos nasais:

Ex.: romã, mãe, cães, irmãos, limões, pão.

O ´ (acento agudo) serve para indicar a vogal da sílaba tónica principal, quando isso é preciso para indicar a pronúncia. O acento agudo é obrigatório:

1.º Na vogal aberta da sílaba predominante das palavras esdrúxulas:

Ex.: fábrica, sílaba, pálido, tépido, Márcia, único, espírito;

2.º Na sílaba final das palavras agudas, quando a respectiva vogal seja a, e ou o:

Ex.: já, sabiá, café, rapé, pó;

3.º Na vogal predominante que se segue a outra vogal, quando não deve formar ditongo com ela:

Ex.: saída, saúde, baú, caído.

O ` (acento grave) emprega-se:

1.º Na contracção da preposição a com as formas femininas do artigo ou pronome demonstrativo o: à (de a + a), às de (a + as);

2.º Na contracção da preposição a com os demonstrativos aquele(s), aquela(s) e aquilo ou com os compostos aqueloutro(s), aqueloutra(s) e suas flexões: àquele(s), àquela(s), àquilo, àqueloutro(s), àqueloutra(s);

3.º Em contracções em que a primeira palavra é uma inflexiva terminada em a: ò (de a + o), òs (de a + os); prò (de pra + o), (de pra + os), etc.;

4.º Nas palavras que tenham uma vogal aberta em sílaba átona e que estejam em homografia com formas etimologicamente paralelas nas quais a vogal correspondente é surda ou fechada: àgora (interjeição), e agora (interjeição, além de advérbio e conjunção); però (conjunção antiga) e pero (variante desta mesma conjunção).

O ^ (acento circunflexo) é obrigatório:

1.º Na sílaba final de uma palavra, quando a vogal respectiva seja o fechado ou e fechado:

Ex.: avô, dê, vê;

2.º Na vogal fechada da sílaba tónica das palavras esdrúxulas:

Ex.: câmara, lâmpada, esplêndido, lêvedo, lânguido, sôfrego.

A , (cedilha) indica que o c antes de a, o, u, tem o valor de s inicial:

Ex.: açafate, açafrão, açor, açorda, açúcar, açude.

O ' (apóstrofo) serve para indicar:

1.º A supressão de uma vogal no verso, por exigência de metrificação:

Ex.: c’roas, esp’rança, of’recer, ’star, minh’alma;

2.º A elisão de vogal no interior de palavras compostas, quando essa elisão se faz invariavelmente na pronúncia brasileira e na portuguesa:

Ex.: galinha-d’água, mãe-d’água;

3.º A supressão da vogal final em santo e santa antes de nomes próprios do hagiológio:

Ex.: Sant’Ana, Sant’Iago, Largo de Sant’Ana, Ordem de Sant’Iago.

O ¨ (trema), que deixou de se usar em palavras portuguesas, depois da Convenção Ortográfica Luso-Brasileira de 1945, indicava que a vogal que o recebia não formava ditongo com a anterior, como em saudade, equidade, unguento, paisagem, sagui, etc. Deve usar-se, actualmente, apenas em palavras derivadas eruditamente de nomes próprios estrangeiros:

Ex.: hübneriano [de Hübner], mülleriano [de Müller], wölffliniano [de Wölfflin]).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...