FABEBOOK

FABEBOOK
LIKE CURTIR

♥Amigos do Blog♥

♥Visitantes♥

♥

sábado, 11 de setembro de 2010

Os 5 Sentidos


Quais e quantos são os sentidos?

Os sentidos são cinco: a audição; a visão; o tato; o paladar e o olfato. Os cinco sentidos já estão em funcionamento no instante em que a criança nasce. Acredita-se que o recém-nascido tenha olfato porque não há dúvida de que ele possui paladar e os dois sentidos estão irremedialvelmente ligados.


Quando nasce, o bebê vê com clareza e distingue luz e movimento. Os bebês captam vibrações quando ainda no útero e ouvem ao nascer. No útero também reagem ao toque aproximando-se ou afastando-se da placenta e logo ao nascer respondem com prazer a uma pressão suave e cálida em sua costas e barriga.



Audição

O ouvido tem um papel importante na comunicação e no equilíbrio do corpo e constitui-se de duas partes principais:
O ouvido externo:
inclui a parte externa do ouvido, a orelha, que recolhe e conduz as ondas sonoras pelo canal do ouvido externo até o tímpano, que então vibra.

O ouvido médio:
contém o tímpano e três ossinhos que transmitem vobrações do tímpano para o ouvido interno. A pressão do ar no ouvido médio é estabilizada por meio da trompa de Eustáquio, que liga a cavidade do ouvido médio ao fundo da garganta. Em crianças, este tubo é mais curto e reto do que nos adultos, permitindo que as infecções da garganta se espalhem facilmente pelo ouvido médio.


O ouvido interno:
é cheio de líquido e contém a cóclea, que converte as vibrações do ouvido médio em impulsos nervosos. Estes são transmitidos ao cérebro pelo nervo auditivo. O ouvido interno também contém o labirinto, que controla o equilíbrio do corpo.




Visão

1.Conjuntiva
2.Pálpebra íris
3.Córnea
4.Pupila
5.Corpo Ciliar
6.Esclerótica (branco do olho)
7.Camada coroidal
8.Lente
9.Músculos oculares
10.Nervo óptico
11.Ponto cego
12.Retina
Os olhos são os instrumentos da visão, que no embrião começam como dois "brotinhos" do cérebro. Desde o nascimento a criança forma uma memória visual. O olho é uma estrutura complexa constituida de três camadas: a esclerótica, o branco do olho; a camada coroidal, rica em vasos sanguíneos que irrigam a delicada camada interna; e a retina, onde ficam as células nervosas sensíveis à luz que captam imagens e transmitem a informação para o cérebro através do nervo óptico. No cérebro, essas imagens são decodificadas para permitir a visão.



Tato

Sabe-se que o feto no interior do útero reage ao toque, mostrando que possui o sentido do tato, porque se afasta da placenta no início da gravidez e mais tarde volta para junto dela. Ao nascer o bebê reage instintivamente ao toque agarrando qualquer objetivo colocado em sua mão e mostra reflexos de mamar quando se acaricia sua face. A maioria dos bebês reage com prazer ao calor, à maciez e pressão suave, e esse conforto de contato é uma necessidade essencial desde o instante do nascimento. Quando a criança completa um ano, seu sentido de tato já está bastante desenvolvido e ela pode reconhecer um brinquedo de pelúcia apenas pela sensação que ele lhe causa.



Paladar


1.Papilas circunvaladas
2.Papilas fungiformes
3. Papilas filiformes
As papilas gustativas da criança, como as dos adultos, identificam diferentes sabores. A língua tem áreas específicas para cada tipo de sabor: amargo na parte posterior, azedo nos lados, salgado no meio e doce na ponta. Sabores ácidos, amargos ou azedos provocam caretas no bebê e o fazem virar a cabeça ou chorar. Os bebês também destinguem as gradações de doçura e ssugam com mais vontade e por maior tempo uma mamadeira de água adoçada em vez de uma com água natural ou pouco doce. Quando está com cerca de um ano, a criança distingue com facilidade biscoitos recheados de biscoito simples.



Olfato

Nervo Olfativo
Cavidade nasal


As terminações muito finas e sensíveis dos nervos olfativos se projetam para a passagem nasal e detectam odores no ar, passando a informação aos bulbos olfativos, diretamente ligados ao cérebro.

Uma das primeiras associações que o bebê distingue devido à sensibilidade de seu olfato. O bebê reage ao cheiro da mãe porque reconhece nela a fonte de conforto, prazer e alimento.



Lúcia Helena Salvetti De Cicco

Um comentário:

  1. adorei este Blog /virei uma visitante oficial♥ parabéns♥AnA♥

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...